Postagem em destaque

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Bento Gonçalves: Cidade Poética



Programação extensa, autores de peso e muita poesia em Bento Gonçalves-RS.
Assim será o evento poético que tem tudo para tornar-se inesquecível.
A programação completa está disponível no blog abaixo:

http://poebras.blogspot.com/


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Uma música e uma dúvida: preconceito ou não?

A dupla: João Carreiro e Capataz.
a música: Bruto, Rústico e Sistemático
a dúvida: a letra é machista e preconceituosa? 
Observar  trechos em negrito.

Bruto, Rústico E Sistemático 
João Carreiro & Capataz
Tudo que dá na tv minha muié qué fazê
não mede as consequências
fez um tar de topless quando vi me deu um stress
perdi minha paciência
por me faltar o respeito, na muié eu dei um jeito, corretivo do meu modo
no quarto deixei trancada, quinze dia aprisionada e com ela não me incomodo

aqui não
posso até não ser simpático
comigo não tem desculpa
minha criação é chucra
a verdade ninguém furta
sou bruto, rústico e sistemático
fim de semana passado
conheci o namorado da minha filha caçula
achei que não deu pareia, tava de brinco na orelha e o corpo cheio de figura
não suportei por muito tempo
nesse relacionamento eu tive que opinar
sujeitinho era roqueiro não dá certo com violeiro
nos num ia combinar
aqui não
posso até não ser simpático
comigo não tem desculpa
minha criação é chucra
a verdade ninguém furta
sou bruto, rústico e sistemático
sistema que fui criado vêr dois homens abraçado pra mim era confusão
mulher com mulher beijando
dois homens se acariciando, meu Deus que decepção
mas nesse mundo moderno não tem errado e nem certo achar ruim é preconceito
mas não fujo à minha essência, pra mim isso é indecência
ninguém vai mudar meu jeito

aqui não
posso até não ser simpático
comigo não tem desculpa
minha criação é chucra
a verdade ninguém furta
sou bruto, rústico e sistemático



http://www.vagalume.com.br/joao-carreiro-capataz/bruto-rustico-e-sistematico.html#ixzz1ZFEKt1Rw

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Paraibuna com seus encantos e suas imagens em livro



Feliz é a cidade onde existem pessoas empenhadas em resgatar e preservar a memória de seu povo.
João Evangelista de Faria, conhecido como João Rural é autor de várias publicações.
O livro em questão é fruto do acervo do autor e retrata pessoas, festas, locais e momentos históricos de Paraibuna/SP.
A Princesa do Vale é conhecida pela bananinha encontrada nas padocas paulistanas e em muitos locais por esse mundo afora.
O livro registra 40 anos de imagem (1970/2010).
Além das fotos, textos variados de pessoas que conhecem o autor e suas múltiplas atividades em prol do Vale do Paraíba, com suas tradições, comidas típicas e encantos naturais.

http://www.estantevirtual.com.br/brandaojr/Faria-Joao-Evangelista-Retrato-de-um-Povo-de-um-Lugar-paraibu-45268064

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

A escola deveria ser um local seguro...

Um fato lamentável, ocorrido dentro de uma sala de aula, fez com que o cartunista Julinho Sertão criasse a forte imagem acima.
Charges, cartuns e quadrinhos são expressões que podem retratar a indignação que temos diante de certos acontecimentos.

domingo, 25 de setembro de 2011

Diversidade Sexual, Direito e Liberdade Religiosa

Palestra 
DIVERSIDADE SEXUAL, DIREITO E LIBERDADE RELIGIOSA 
“Diálogo, Religião e Diversidade Sexual: Derrubando Muros, Construindo Esperança.” 
Presidente de Mesa 
DRA. ADRIANA GALVÃO MOURA ABÍLIO 
Advogada; Conselheira Secional e 
Presidente da Comissão da Diversidade Sexual e Combate à Homofobia da OAB SP. 
Expositor 
REV. CRISTIANO VALÉRIO 
Teólogo; Psicoterapeuta; Coordenador de Desenvolvimentos das Igrejas da Comunidade Metropolitana
(ICM) do Brasil; 
Pastor da ICM São Paulo; Membro do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual do Município
de São Paulo. 
Data / Horário: 29 de setembro (quinta-feira) – 19 horas 
Local: Salão Nobre da OAB SP 
Praça da Sé, 385 – 1° andar 
Inscrições / Informações 
Mediante a doação de uma lata ou pacote de leite integral em pó - 400g, no ato da inscrição. 
Praça da Sé, 385 – Térreo – Atendimento ou pelo site: www.oabsp.org.br 
Promoção 
Comissão da Diversidade Sexual e Combate à Homofobia da OAB SP 
Apoio 
Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP 
Diretor: Dr. Umberto Luiz Borges D’Urso 
Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da OAB SP 
Presidente: Dra. Damaris Dias Moura Kuo 
***Serão conferidos certificados de participação — retirar em até 90 dias*** 
*** Vagas limitadas *** 
Dr. Luiz Flávio Borges D’Urso 
Presidente da OAB SP 

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Circulando em São José dos Campos




A necessidade ocasional me obriga a circular em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, estado de São Paulo.
Avenidas largas, ampla sinalização, ruas arborizadas, grama bem aparada, prédios e casas imponentes impressionam.
 

Parque Santos Dumont

O progresso de uma cidade não pode ser avaliado apenas pelo aspecto de determinadas áreas mas causam boa impressão.
Uns dizem que SJC tem mania de grandeza.
Prefiro resumí-la como a grande cidade de visão futurista.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Uma cartunista de tirar o chapéu





Nome respeitado da Nona Arte, Rose Araujo brinda os leitores com uma publicação que deveria   ser  indicada para a  rede  nacional de ensino.
Além de imperdível, o trabalho é sério candidato aos prêmios mais importantes do gênero.


Release
Iscola... o crime: coletânea de tiras criadas em 2006 e publicadas no jornal Graphiq (SP) desde 2007. O humor desconcertante da cartunista, também  professora de artes, retrata o atual universo escolar cheio de problemas como violência, dificuldade de aprendizagem, bullying e desvalorização do profissional de educação - fatos tão distantes de nossa memória afetiva escolar.

104 páginas e 160 tiras com os anônimos personagens da “iscola”.
O ótimo projeto gráfico remete aos antigos cadernos escolares pautados.
Traz também fragmentos de trabalhos de alunos e reportagens que mostram a violência crescente que insiste em assombrar nossas salas de aula.
Com algumas histórias literalmente vivenciadas nas escolas por Rose Araujo e seus companheiros de profissão, o livro mostra essa turma  de alunos, personagens anônimos da vida real, com suas identidades ocultas e protegidas por tarjas pretas, capuzes e bonés. Anônima  também é a “sofressora”, ou melhor, professora, que não aparece nas tiras.
Uma representação da invisibilidade e da impotência desses profissionais frente à realidade social do país, que muitos insistem em ocultar.
“Iscola... o crime”: um registro crítico, um exercício de observação e, infelizmente, a vivência das salas de aula nos tempos atuais.



Rose Araujo
Cartunista, desde 1998, do jornal Extra/Revista Canal Extra(RJ), com a tirinha “Os Amigos da Lis” e a partir de 2007, do jornal Graphiq (SP),com a tirinha Iscola... o crime.
No início de 2006, foi convidada para ser uma das representantes do Brasil na exposição As Mulheres Criadoras e a Arte da Caricatura, que contou com a participação de 42 desenhistas de 23 países e percorreu, até 2011, países como Peru, Espanha, Portugal, México, Itália, Cuba, Estados Unidos e China.
Designer e autora, em parceria com o amigo Luis Saguar, dos textos e dos projetos gráf icos dos livros Almanaque do Ziraldo (2007) e da Edição Comemorativa FLICTS 40(2009), publicados pela Editora Melhoramentos.
É autora também dos livros infantis Os Amigos da Lis, Simplesmente Lis,
Eu sou o Zil, Doce Mel e Era uma vez o Sal, publicados pela editora Editora Zeus/Nova Fronteira.
Participou das coletâneas Tiras de Letra - Até debaixo d’água (2008), Tiras de Letra - Na batalha (2009) e Tiras de Letra - Nota dez (2010) da Editora Virgo. No início do ano de 2010, participou da  revista Subversos nº6, com as tiras Iscola... o crime


ISCOLA... O CRIME
104 páginas
R$ 18,00
Vendas por internet site/blog da autora
Distribuição setorizada em algumas livrarias
e lojas especializadas em quadrinhos.
+55 21 9956.5355
arosearaujo@gmail.com
contato@rosearaujo.com
www.rosearaujo.com
www.rosearaujocartum.blogspot.com
facebook.com/rosearaujocartum
twitter:@raujoRose
http://rosearaujocartum.blogspot.com/


terça-feira, 20 de setembro de 2011

Uma argentina deliciosa: impossível resistir...




Ela nasceu no ano de 1969, em Buenos Aires.
Os argentinos se deliciaram à vontade e nós, brasileiros de bom gosto, agora também podemos provar as delícias desta sorveteria argentina chamada Freddo.
Brasília, Paraná e São Paulo já tem suas unidades e a tendência é crescer, assim como tem acontecido em diversos países.
A sorveteria do bairro de Moema(SP) fica na charmosa Rua Normandia, 22.
Lá é possível tomar o brasileiríssimo café Octávio que vem acompanhado de uma gentileza tentadora: copinho com sorvete.
Basta provar para se apaixonar.
A sorveteria Freddo chegou para nos conquistar...


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Brasão Verde: o hilário herói tupiniquim

O universo brasileiro dos quadrinhos tem um personagem novinho em folha: Brasão Verde.
Vamos aos fatos:

O autor
Emerson Lino curte histórias em quadrinhos desde criança, quando começou a fazer seus primeiros desenhos.
Em 2002 entrou para  o circuito dos autores alternativos lançando No Final do Caderno de Escola, com poemas e ilustrações.
A publicação é vendida ao preço de R$8,00.

Pedidos: brasaoverde@yahoo.com.br




O personagem
Seu nome é Caio dos Santos.
Brasileiro casado com  Judith que vive lhe dando broncas e tentando conter seu lado paquerador e mulherengo.
Durango, amante da loira gelada e do futebol, ele alugou uma fantasia para o carnaval, salvou a Judith da tentativa de ataque dos marginais, o ocorrido chegou as manchetes de jornais e o Brasil ganhou um herói bem brasileiro.
A criação do Brasão Verde ocorreu em 2006 e a primeira tira foi publicada em 2008 no Jornal Cultural Mensageiro, editado por Arthur Filho.




A intenção 
Dar continuidade ao personagem, avaliando a possibilidade de uma publicação onde outros autores estejam incluídos.
Em suas palavras:
"Estou planejando criar uma nova publicação do Brasão Verde... com o intuito apenas de divulgá-lo e divulgar a arte de amigos!... acho que farei um zine na base do xerox mesmo..."



A conclusão
Mesmo sem alicerce editorial, um personagem e um autor podem obter notoriedade com diversas ferramentas como a internet, o velho e bom fanzine xerocado e a vontade de atingir os objetivos almejados.



domingo, 18 de setembro de 2011

Cananéia e Suas Histórias








Lendas e Histórias de Cananéia é uma publicação simples mas eficiente ao que se propõe.
A preservação da memória e do folclore é patrimônio popular.
Amir Oliveira, além de suas palestras e apresentações de fandango, pesquisou o assunto, recorreu ao Marcinho (Marcio Robero Xavier) para fazer as ilustrações  e editou a publicação.
A professora Donata colaborou, bem como a Professora Ana Maria Nammur, além de colaboradores diversos e essenciais na pesquisa.
A produção gráfica foi elaborada por André Luiz S. Freitas e o apoio financeiro
veio de duas fontes: Avina e Rede Cananéia.
Um Fantasma Chamado Bacharel, Dilúvio do Mandira e Lenda da Cataia, são algumas das histórias.
e-mail: amir_txai@yahoo.com.br
Rua do Artesão Q-09 Centro
Cananéia-São Paulo 


sábado, 17 de setembro de 2011

Revelando SP: 15 anos valorizando e preservando a cultura popular


O cafofo foi conferir o XV Festival da Cultura Paulista Tradicional que vai até amanhã,  no Parque Vila Guilherme -Trote/Mart Center.
A entrada é gratuita.
Evento com várias cidades, representadas por sua comida típica, artesanato, música e dança.
Tribos indígenas existentes no estado mostrando sua arte e suas tradições, palco para danças, congadas, violeiros e diversas manifestações, fazem o passeio valer a pena.
Comer lambe-lambe(arroz com mariscos) no stand de Iguape e provar as deliciosas queijadinhas no stand de Paraibuna, são ótimas opções, além da variada oferta de comidas regionais para todos os paladares, incluindo comidas de outros países.

 lambe-lambe
O preço de dez reais  para estacionar dentro do parque é abusivo para um local público mas quem chega cedo, encontra vagas nas imediações.
Esta festa da cultura paulista começa as 9h e vai ate as 21h.


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Literatura, Cinema, Poesia e História em Quadrinhos: uma arte puxa outra...







Esta hq poética tem a personagem inspirada na Macabéa, magistralmente interpretada por Marcélia Cartaxo no filme A Hora da Estrela.
O filme, por sua vez, foi baseado na obra prima de Clarice Lispector.
O vestido nos quadrinhos está como o vestido utilizado no filme.
A parte final tem referência com a cena em que Macabéa sonha (acordada) que
é coroada miss e faz questão de dizer que gosta de coca cola, ao ser entrevistada.
 
 
 
Quem assistiu este filme, antigo e belo, sabe que a personagem não é retratada em sua terra natal mas na hq a abordagem é da nordestina que reflete sobre as dificuldades vividas, sem que isso lhe tire o direito de sonhar

terça-feira, 13 de setembro de 2011

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Reverenciando o Cinema Argentino

   

A  rivalidade entre Brasil e Argentina deve ficar limitada ao futebol.
Fora dos gramados os argentinos são admiráveis.
Um exemplo:cinema.
No decorrer dos anos, foram indicados seis vezes ao Oscar e ganharam duas estatuetas, sendo que a premiação mais recente foi com o filme O Segredo dos Seus Olhos, em 2010.
A comédia Um Conto Chinês está em cartaz no Brasil, tendo como base a louca mas real história de uma vaca que caiu do céu...
Filme para rir, refletir e se emocionar.
A sensiblidade está em cada personagem, de maneira peculiar.
Ricardo Darín, reconhecidamente a maior expresão artística do cinema argentino, mostra ser capaz de transitar entre o drama e a comédia tranquilamente.


domingo, 11 de setembro de 2011

A importância da palavra




Uma das palavras mais pronunciadas no Brasil é puta, em suas mais diversas variações: meretriz, piranha, quenga, galinha, etc.
No futebol, a palavra é dita em coro por torcedores revoltados com o juiz.
Na política, desde o senhor do alto escalão até o mais humilde vereador, já receberam nome de filhos da dita cuja.
No cotidiano nacional, a puta está em exclamações:
Puta merda!
Puta sacanagem!
Puta que o pariu!
Na música,  Odair José, Ultraje a Rigor e outros, já colocaram a puta nas paradas de sucesso.
Felizmente ela não está só nos xingamentos e pode muito bem ser um elogio:
- Estamos com um puta time bom.
- Aquele é um puta cara inteligente.
No mundo da moda Puta virou grife famosa: DASPU.
Por essas e por outras é que se mede a importância da palavra, antes reprimida e hoje extravasada livremente

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Ciclo de Palestras

A Secretaria de Participação e Parceria (SMPP) junto com a Secretaria Municipal de Educação (SME), promove nos dias 15, 22 e 29 de setembro e nos dias 06, 13 e 20 de outubro um ciclo de palestras sobre educação e relações étnico-raciais.
O evento, organizado pela Coordenadoria dos Assuntos da População Negra (CONE), acontece na sede do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra, localizado no Largo do Paissandú.

A ideia do encontro é discutir as relações de preconceitos nas escolas e buscar orientar a população quanto às políticas públicas para uma educação antirracista, permitindo aos participantes uma troca de experiência na área pedagógica.
O ciclo de debates é também, uma preparação para o III Fórum de Ensino Superior, em outubro, sobre os desafios para o ensino de História e Cultura Africana e Indígena, a ser realizado no mês de outubro deste ano, que discute questões inerentes à obrigatoriedade do ensino da cultura afro-brasileira e indígena nas escolas.

Os interessados em participar devem se inscrever até o dia 14 de setembro através do email debates.africanidades@gmail.com ou pelo telefone 3113-9745, falar com Anair, Gildo, Jakeline ou Patrícia.                                                                      
 


Texto extraído do Portal da Prefeitura de São Paulo

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Sem rodeios e contra rodeios

Ficar em cima do muro não é válido, principalmente quando o assunto gira em torno de animais indefesos.
Touradas na Espanha, rodeios e laçadas no Brasil: posicionar-se contra é essencial para que as pessoas comecem a  enxergar os  animais com   respeito.
Dizer que faz parte da cultura não é desculpa aceitável.
A evolução humana deixa para trás antigos hábitos que já foram considerados como atos comuns.
Homens das cavernas arrastavam mulheres pelos cabelos, negros eram expostos como mercadoria
em locais públicos, para serem vendidos na vergonhosa época da escravidão.
Alguns pensarão que os exemplos acima são referentes aos humanos e que animais são um caso à parte.
No entanto, a evolução de uma sociedade deveria ser avaliada também, a partir do tratamento dado aos animais.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Festa Diva : a mulherada vai ferver

A boite The Week será o palco da festa DIVA, onde as mulheres que freqüentam o tradicional e animado bar e restaurante O Farol,  celebrarão a alegria e a amizade.
O Farol comemora 14 anos de existência e persistência.
O local sofreu dificuldades e perseguições mas se manteve com a base sólida da proprietária Cida Araújo.
Festa ideal para encontros, reencontros e muita animação.
Não comprou seu ingresso?
A festa será dia 9 de setembro.
Ainda dá tempo...
Ingressos à venda nas lojas Chilli Beans dos shoppings Frei Caneca e Ibirapuera.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

sábado, 3 de setembro de 2011

Roberta Campos: a voz que acalma

Roberta Campos tem voz doce, fala mansa e simpatia.
A cantora e compositora mineira vem conquistando seu espaço no cenário musical, com músicas que são um verdadeiro freio para a pressa urbana.
Inspiração para românticos e romantismo para inspirados.
O cd Varrendo a Lua tem composições de qualidade e  bem produzidas, com participação de Nando Reis na música De Janeiro à Janeiro.
                                            O cafofo recomenda.